Leitos ociosos da rede particular para uso do SUS.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, sancionou uma lei que destina os leitos ociosos da rede particular de saúde para uso do SUS. A iniciativa é importante nesse contexto de agravamento da pandemia. Mas a medida não pode servir para os hospitais particulares lucrarem sobre leitos vazios.

É preciso que exista rígida fiscalização e transparência nos contratos que serão firmados entre a Prefeitura e os hospitais, especialmente aqueles envolvendo Organizações Sociais, para impedir esquemas corruptos. Sempre tem quem queira lucrar sobre a desgraça do povo.

Os parlamentares do PSOL e os militantes da saúde estão na luta, em diversas frentes, pela destinação dos leitos particulares para uso do SUS a nível nacional e também do que cria a fila única de atendimento para pacientes com covid-19.

#Covid-19Psol #LeitoParaTodos.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *